The Artist

Regra de Três

Biography

Formado por Lupa Santiago (guitarra), Sizão Machado (baixo acústico) e Bob Wyatt (bateria), o Regra de Três busca um som instrumental contemporâneo e, inovador. Seus integrantes são músicos singulares, já conhecidos no jazz e não musica brasileira: talentosos, criativos, experientes e, acima de tudo, dispostos a tocar e a se divertirem juntos, no palco.
Com 3 cds lançados, sendo o mais recente ao vivo no SESC Pinheiros/SP, e diversas apresentações em festivais de jazz pelo Brasil, o repertório do show inclui criações de Lupa Santiago, como Constantinopla, III, Perseguição a Três e Morangos para Laura, Justa Causa, Marrom, 42 e Ambos os Três, além de uma composição inédita de Bob Wyatt, Previsão de Preguiça no Sudeste.

Lupa Santiago

Lupa Santiago se apresentou e/ou gravou com diversos artistas internacionais de Jazz no Brasil, e em turnês na Europa (França, Espanha, Irlanda, Finlândia, Portugal,Estônia, Dinamarca, Áustria, Itália, Suíça e Holanda), America do Sul (Colômbia, Argentina, Chile e Peru), África do Sul e EUA, ao lado de nomes como David Binney, John Escreet,Jerry Bergonzi, Bill Pierce, Jaleel Shaw, Dave Liebman, Ronan Guilfoyle, Jarmo Savolainen, Ohad Talmor, Benoit Sourisse, André Charlier, Didier Lockwood, Jakob Anderskov, Dave Pietro, Howard Levy, Adônis Rose, Ed Neumeister, Oscar Stagnaro, Magos Herrera, Bob Kaufman e Jamey Haddad.
Além dos artistas brasileiros : Roberto Menescal, Daniel D’Alcântara, Helio Alves, Nelson Faria, Sizão Machado, Vinicius Dorin, Edu Ribeiro, Rogério Bocato, Nenê, Cuca Teixeira entre outros.
Com 17 CD’s lançados como líder em seus grupos (5teto com Rodrigo Ursaia, Regra de Três, Lupa Santiago Sexteto, Sinequanon, Duo com Paulo Braga), sendo que o primeiro recebeu indicações para o Grammy Latino, além de participação em cd´s de outros artistas. Participou de vários festivais no Brasil: Ourinhos, Itajaí/SC, Cascavel/PR, Brasil Instrumental, CIVEBRA (Brasília), Berklee on The Road e Domingos Martins/ES.
Lupa Santiago fez mestrado no Boston Conservatory e Berklee College Of Music formou-se pela Berklee College Of Music e graduou-se pelo Musicians Institute (GIT/Los Angeles) Recebeu, por duas vezes, o prêmio Best Of Berklee (1998 e 2000), eleito em 2009 e re eleito em 2014 membro da diretoria do IASJ (International Association of Schools of Jazz).
Lupa Santiago é Coordenador Pedagógico e Vice Diretor da Faculdade Souza Lima/SP, e autor de três livros (Improvisação Moderna I, Play Along de Métricas Impares e Dicionário de Acordes e Condução de Vozes) lançadas no Brasil (Editora Souza Lima) e na Europa, Ásia e EUA (Advance Music). Foi membro do júri do Festival Best Musical Mind (Belgrado/Servia 2016)

Sizão Machado

O contrabaixista Sizão Machado participou da gravação de mais de uma centena de discos, com os mais variados artistas nacionais e internacionais. É mundialmente reconhecido por suas atuações ao lado de Chet Baker, Herbie Mann, Elis Regina, Jim Hall, Chico Buarque, Dori Caymmi, Djavan, Milton Nascimento, Dionne Warwick, Ivan Lins, Joyce, Flora Purim e Airto Moreira, Roberto Menescal, Noite Ilustrada, Jean & Paulo Garfunkel, Família Jobim, Paulo César Pinheiro, Paul Winter, Hendrick Merkins e, muitos outros. Em junho de 2007 gravou o cd Worlds Together, já lançado no Brasil, com os saxofonistas Jerry Bergonzi e Billy Pierce, o baterista Bob Kaufman e o guitarrista Lupa Santiago, com quem fez shows em Boston (EUA). Participou também do Festival de Spoletto, em Charleston, na Carolina do Sul e gravou o novo trabalho de Paul Winter, o cd Crestone, ganhador do Grammy de melhor álbum, categoria New Age de 2008. Com o saxofonista realizou shows no Clearwater Festival e um concerto na Catedral de Saint John The Devine, em Nova York. Em 2008 participou das gravações dos cds do Regra de Três – ao lado de Lupa Santiago e Bob Wyatt –, do Lumina – com Fábio Fernandes e Johny Murata –, do novo trabalho do violonista Alessandro Penezzi, dos shows de lançamento do cd do pianista cubano Yaniel Matos, do sambista Wilson das Neves e do renomado guitarrista Heraldo do Monte. Como professor Sizão Machado realizou diversas oficinas, pelo Brasil e pelo mundo, como o workshop Contrabaixo e percussão – ao lado de Jamey Haddad – na Professional Children’s School, Departamento Acadêmico da Giulliard School de Nova York e o curso Música Brasileira, estágio avançado, no Conservatório de Música Rítmica em Copenhague, Dinamarca. Atualmente ministra aulas de sensibilização musical, prática de conjunto e instrumento na Escola de Música do Estado de São Paulo Tom Jobim – Santa Marcelina (antiga Universidade Livre de Música – ULM), na Faculdade Souza Lima/Berklee, no Conservatório Souza Lima e participa de bancas bimestrais na Faculdade Santa Marcelina. Ainda como professor, Sizão participa dos cursos do SLCE – Souza Lima Convênio de Ensino, ministrando aulas de especialização para professores de música de diferentes estados do país. Sizão Machado é endorsee patrocinado pela Yamaha Musical do Brasil desde 2004.

Bob Wyatt

Atuando no Brasil desde 1981, Bob teve a oportunidade de tocar com Paulo Moura, Leni de Andrade, grupo Pau Brasil (inclusive, Free Jazz Festival, 1985), João Donato, Maurício Einhorn (inclusive, Free Jazz Festival, 1985), Hélio Delmiro, Nivaldo Ornellas, Chet Baker (Free Jazz Festival, 1985) Idriss Boudrioua (Free Jazz Festival, 1986), Nelson Ayres, Proveta (Nailor Azevedo) e A Banda Savana, entre outros. Formou, em parceria com Alexandre Mihanovich, a Banda ReBop, em 1992,que realizou apresentações em SESC Paulista, no Conservatório “Dr. Carlos de Campos” de Tatuí e em casas noturnas paulistanas, entre outros lugares.

Carreira nos EUA: Sua vida profissional iniciou-se aos 13 anos com um conjunto que tocava em festas de casamento e bailes. A partir dos 14 anos começou a participar de uma “big band” patrocinada por um clube local. Em 1967, ingressou na Marinha dos EUA. Durante seu período de serviço, estudou na Armed Forces School of Music, na base de Little Creek, Virginia. Depois de várias turnês, incluindo visitas as ilhas do Caribe e aos países mediterrâneos, regressou para os EUA em 1970 quando havia completado seu serviço militar. Matriculou-se na Memphis State University em 1971 e ganhou uma bolsa de estudo do Departamento de Musica. Naquela época, participou de festivais regionais de jazz de bandas universitárias. Foi premiado em 1973 no American College Jazz Festival, um festival nacional, realizado no John F. Kennedy Center for the Performing Arts em Washington, DC, pelo melhor desempenho no instrumento. A partir de 1972 atuou como palestrista e professor nos seminários e cursos patrocinados pelo NAJE (a associação nacional dos educadores envolvidos no ensino do jazz e nas técnicas de tocar em “big bands”). Fez parte de equipes que incluirem músicos, tais como: Clark Terry, Gary Burton, Frank Wess, Frank Foster e Bill Watrous. Em 1976 fez uma tournée com a banda de Maynard Ferguson que incluiu 20 estados americanos e 11 cidades no Japão. Em 1979 mudou-se para New York onde atuou em conjuntos de jazz que tocavam na noite novaiorquina. No verão daquele ano, estudou composição e improvisação no Creative Music Studio em Woodstock, NY, onde participou em seminários e “workshops” dirigido por Anthony Braxton, Roscoe Mitchell, Joseph Jarman, Jack DeJohnette e Carl Berger.

Discography