Jazz: Lupa Santiago

Jazz: Lupa Santiago

Guitar Player – Jazz: Lupa Santiago

Um dos nomes mais respeitados do jazz no Brasil, Lupa Santiago começa também a ser reconhecido internacionalmente. O guitarrista foi nomeado membro da direção da International Association of Schools of Jazz. Seu vocabulário moderno e domínio da improvisação surpreendem, dando a impressão de que trata-se de um jazzista norte-americano do mais alto nível, com a vantagem de dominar também aspectos da música brasileira. Para alcançar esse patamar, Lupa se dedicou muito – e ainda se dedica – ao estudo do jazz e outros estilos que envolvem improvisação, tendo inclusive se formado na Berklee College of Music de Boston, nos EUA.

Suas realizações mais recentes são um álbum ao vivo do trio Regra de Três –  completado por Sizão Machado (baixo) e Bob Wyatt (bateria) – e o lançamento de três livros que abordam diferentes temas. Outra atividade que o músico exerce como poucos são suas concorridas aulas no Conservatório Souza Lima, em São Paulo, muito procuradas não apenas por guitarristas, mas também por outros instrumentistas interessados em se aprofundar no jazz e improvisação.

Como surgiu o projeto do álbum ao vivo do Regra de Três? Como vocês conseguiram apoio da Petrobras?
Esse projeto da Petrobras chama-se Trios Brasileiros, do qual também fazem parte o Nenê Trio e o Triálogo. Fizemos três dias de shows no Sesc Pinheiros, em São Paulo, e as apresentações foram gravadas. Serão escolhidas quatro músicas de cada trio para serem disponibilizadas gratuitamente no site www.triosbrasileiros.com.br, a partir de 2011. As músicas para o projeto tinham de ser inéditas, então decidimos compor material novo para o show, com exceção de duas músicas, Marrom e Previsão de Preguiça no Sudeste, que ganharam novo arranjo. As apresentações foram ótimas e decidimos aproveitar as outras músicas, não usadas no site, em um CD ao vivo, que também sairá no início de 2011.

Share

Leave a comment